Gravei este vídeo no dia 10/06/2014, dois dias antes da abertura da Copa do Mundo da Fifa no Brasil. O percurso do filme foi feito basicamente utilizando as ciclovias de Brasília. No vídeo, percebe-se que alguns pequenos trechos próximos a rodoviária ainda não estavam prontos, mas ficaram prontos poucos dias depois. As ciclovias na parte central de Brasília são bem razoáveis e apesar dos cruzamentos, é possível desenvolver uma boa velocidade e de maneira bastante segura.

Uma opção interessante pra quem quer utilizar as ciclovias da área central de Brasília é o sistema de bicicletas compartilhadas, que já funciona desde de maio de 2014 e cuja idéia é complementar o sistema de transporte público. A princípio, ele funciona apenas na área central de Brasília, mas ao que parece, será ampliado para as demais áreas do DF.

A maneira mais prática de utilizar o sistema é por meio de uma aplicativo de celular (android ou iphone), sendo necessário um cadastro prévio pela internet. O custo do serviço é de R$10,00 por ano, o que permite que se use as bicicletas num período máximo de 1 hora. Ultrapassando 1 hora, é cobrada um taxa de R$5,00 por hora excedente. Para evitar as taxas excedentes, depois de uma hora de uso o usuário pode recolocar a bicicleta em uma das estações e aguardar por um período de 15 minutos. Após a pausa, o usuário poderá continuar sem custo extra.

Para liberar uma bicicleta em uma estação, o usuário deve fornecer o número da estação e escolher uma bicicleta disponível utilizando o aplicativo de celular. O cadastro no sistema pode ser feito no site http://www.mobilicidade.com.br/bikebrasilia/.

Gravei este vídeo no dia 24/03/2011 com uma câmera acoplada a minha bicicleta. No dia, garoava um pouco, mas isso não atrapalhou a gravação. A gravação original demorou pouco mais de 22 minutos, mas acelerei o vídeo pra caber em 7 minutos. Normalmente, demoro uns 20 minutos pra ir de carro, sem contar o tempo para encontrar vaga e estacionar. O caminho é tranquilo, já que a maior parte do percurso é feita pelo parque. Recomendo a todos.

Como recordar é viver, a trilha sonora é com Little Quail and The Mad Birds.